Mocinhos em Cante

Mocinhos em Cante

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Próximas atuações

Mocinhos preparam as próximas atuações.

-13 de Dezembro, 15 horas,  Clube de Sargentos, organização Cruz Vermelha.
- 18 de Dezembro, 15 horas, Hospital de Beja.
- 19 de Dezembro, 15 horas, Junta de Freguesia de Salvada.
- 20 de Dezembro, 15.30 horas, Portas de Mértola.

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Entrevista ao Jornal Público

Jéssica e Mariana são dois dos trinta e seis elementos que constituem o grupo, dois exemplos do amor e entrega ao cante.
Na passada terça feira, a propósito do cante na escola, foram entrevistadas pelo jornalista Carlos Dias, Jornal Público.


http://www.publico.pt/culturaipsilon/noticia/porque-nao-ter-no-alentejo-casas-do-cante-1677539

sábado, 29 de novembro de 2014

Todos em Homenagem ao Cante

Foi ao lado de todos os grupos corais do concelho, numa homenagem sentida e sincera à elevação do Cante a Património da Humanidade, que o grupo Mocinhos em Cante entoou duas modas.

Cante
 
O cante sabe a terra. Os homens e as mulheres que cantam têm na boca a terra mais doce de todas as terras. Quando as vozes dão os braços, nós, indefesos e arrepiados, abrimos‑lhes as portas do nosso céu para que elas possam voar no azul alentejano dos nossos sentidos. É tempo de sentir, é tempo de deixar correr este rio de pó e horizontes que temos dentro de nós. É hora de lembrar o passado que nos deu o que somos. É altura de abraçar os nossos avós. É ...tempo de cuidar das raízes. Os mais velhos entenderão as modas de uma maneira. Mergulham na memória, descem os degraus do tempo, fecham os olhos e às vezes choram. Os mais novos entenderão as modas de outra maneira. No início talvez se façam fortes, talvez lutem contra o destino, mas depois vacilam, inebriados de lírios roxos do campo, de amores de mãe, de trigueiras de raça, de solidão, sucumbem lentamente, sentem a planura e a musicalidade da pronúncia. Descoberta a sua essência, entregam-se. É que os genes palpitam nos seus corações como borboletas invisíveis. O cante não precisa de instrumentos. O cante vem nu, chega em carne viva, apresenta-se despojado de acessórios. Traz uma boca de terra, uma garganta de orgulho e uma alma imensa. O cante é uma foice de vozes a cortar o silêncio.
Vítor Encarnação



Enquanto se aguarda, canta-se com alegria.



domingo, 26 de outubro de 2014

Aniversário da Sociedade 24 de Outubro de Baleizão


 Foi com enorme prazer que partilhámos o momento de alegria de mais um aniversário da Sociedade Filarmónica 24 de Outubro de Baleizão, ao lado do Grupo Coral. Bem hajam, amigos!

https://www.youtube.com/watch?v=kozBs_lac00&feature=youtu.be


domingo, 19 de outubro de 2014

Rural Beja 2014

Ontem o grupo marcou presença na Rural Beja, desta vez com novos elementos. Outros virão. O caminho faz-se caminhando, como diria Pessoa. O nosso é o futuro e pelo futuro do cante.


 





domingo, 12 de outubro de 2014

Mocinhos animam Beja

Mocinhos em Cante animaram o Jardim do Bacalhau e a Galeria Comercial do Continente, convidando a visitar a RuralBeja de 17 a 19 de outubro.
 
 
 
 
 
 

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Próximas atuações - Outubro

Outubro é o mês que marca o  recomeço das atuações do grupo coral.
A primeira terá lugar no dia 11, pelas 11 horas. O ponto de partida será o Jardim do Bacalhau onde os Mocinhos, conjuntamente com outros grupos corais, desfilarão até às Portas de Mértola, local da atuação.
A segunda será na Rural Beja, dia 18, pelas 12 horas.